Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: ao vivo e a cores
recomeça o futuro sem esquecer o passado

24 de maio de 2014

ao vivo e a cores

Apetece-me pintar palavras, fazer um papel de génio ou se calhar ficar apenas por aqui a ver o mar. Afinal de contas saudade não é mais que um passado que nos incomoda no presente, uma felicidade retarda, um detalhe que só não mata porque é máquina de tortura.
Palavras tão cinzentas para um cinzento dia. Quero cor garrida a condizer com o meu alto astral.
Já sei, hoje fico só a olhar o mar e as cores passarão na minha cabeça e eu ao ouvido de direi o nome delas. É que hoje podemos viver juntos ao vivo e a cores.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007