Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: nascer do sol
recomeça o futuro sem esquecer o passado

15 de maio de 2014

nascer do sol

Sentado num por aí qualquer espero o nascer do sol que dizem é para todos, mas não todos os dias, digo eu para com os meus botões.
Já fiz assinaturas e recusei carimbos, forma despessoalizada de dizer sim ou não sem ter que usar os olhos ou mostrar a alma, enquanto espero que o sol nasça.
O nascer do sol é mais ou menos um assim acordar com a ilusão de estarmos a sair do casulo e refrescar o dia com aragens de sorrisos. É um assim de saber que hoje é mesmo só hoje e este hoje amanhã não é este, porque não há volta a dar para o hoje se repetir.
Sentado num por aí qualquer sítio faço sorrir-te e digo-me que nasci no cada sol nascente.
Sentado por aí, fujo da sombra da comodidade para procurar um sol que saiba nascer como tu me ensinaste que ele nasce, mesmo que eu ache que não é todos os dias.

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007