Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: cantarolando
recomeça o futuro sem esquecer o passado

5 de junho de 2014

cantarolando

Dou comigo a trautear palavras fossem elas duma canção que acabei de inventar:

Vais-me com outros olhos ver
ou olhar com olhos de outra,
daqui até morrer
muito temos para fazer
e em silêncios dizer.

Vais senti-me diferente,
meigo uma e outra vez,
dirás mudei para ser gente,
que o meu abraço passou a ser quente
e ausente estarei presente.

Quero repetir e me esqueci o primeiro verso, esqueci a música e a melodia. Coisas difíceis para mim. Terra a terra, homem de sonhos, digo-me a tentar recompor e a ganhar tempo para pensar. Afinal de contas eu sou o gajo que gosta de colo mas não sabe pedir, espera que adivinhem. Pragmático. Pouco prático. Dependente. Tantas qualidades que ainda acabo por arranjar defeito.
Assobio. Disfarço a letra, a música e quero lá saber se tem melodia. Chamei-te à atenção. Beijo-te. Até já.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007