Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: deambulando palavras
recomeça o futuro sem esquecer o passado

24 de julho de 2014

deambulando palavras

Deambulo num vai e vem constante como que um qualquer nervoso a se cansar para descansar. Troco palavras por sorrisos, sorrisos por gargalhadas, falas mansas por piadas de gosto verdadeiro. Neste constante frenesim decido entre mim e eu, que se não der certo a gente se junta para todo o sempre na mesma, sorri e vive a vida tal como ela deve ser vivida: com vida!
Deambulo por entre palavras e silêncios e decido suicidar-me. Uns matam-se com bebida, outros com fumo e eu decido que o meu suicídio será por paixão. Por ti, claro, e assim deixo a minha paixão tomar conta de mim, silenciosamente, sorridentemente e com falas que só nós podemos entender. 


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007