Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: rios de tinta
recomeça o futuro sem esquecer o passado

17 de julho de 2014

rios de tinta

Escrevo gastando rios de tinta, palavras que enchem mares de ideias, lagos de sonhos ou lágrimas de saudade.  Escrevo com palavras que digo em silêncio calado de um modo de ser feliz.
Me disseram que o vento leva as palavras e eu as digo em todas as direcções,  não só porque nunca sei donde ele sopra como também porque na dei de onde tu me vais aparecer.
Digo palavras de escrever num tom de seres tudo o que sempre desejei.
Gosti, pá!


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007