Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: sigo-me atingindo-te
recomeça o futuro sem esquecer o passado

1 de julho de 2014

sigo-me atingindo-te

Mas é claro que continuo a caminhada mesmo que tenha atracado em porto seguro. É evidente que eu queria estar sempre a teu lado, mas a vida tem-me ensinado que nem sempre é como queremos, muito menos quanto pensamos. Assim sendo e por mais não me obrigo, resta-me seguir o caminho, seguir sempre, mesmo que não saiba para onde, mas tenha a esperança que ele se vá cruzando tantas vezes contigo como uma figura repetitiva, geometricamente falando.
Seja lá de que é feito o caminho, seja destino ou deus dará, sejam dogmas, sejam desejos apenas ou fé, sigo-me atingindo-te.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007