Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: culpas
recomeça o futuro sem esquecer o passado

12 de agosto de 2014

culpas

Perdido numa praia de palavras eu poderia dizer que toda a culpa é tua. Se estou triste é porque tenho saudades tuas e não estás nesse momento a meu lado para me alegrares. Se estou de olhos semi-fechados é porque estou a imaginar onde estejas a fazer o que quer que seja. Se gargalhei foi porque me sorriste. Se me distraí numa qualquer tarefa foi porque te olhei. Simples, a culpa é tua.
Num novelo de palavras encontrado na praia revejo tantas coisas que já te disse desde que a dor do amor chegou, desde que o brilho dos olhos voltou a brilhar, desde que o sorriso voltou a ser ele mesmo.
Num molhe de palavras que entra praia adentro passeio ansiedade pelo momento que te vou ver e enroscar-me no teu perímetro.
Portanto a culpa é tua.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007