Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: ouço
recomeça o futuro sem esquecer o passado

29 de setembro de 2014

ouço

Aqui estou estendido na noite de outono ouvindo os últimos pássaros que por aqui, como eu, vagueiam. Uns cantam e outros parece choram. Ouço,  apenas. Acho amanhã não estarão aqui. Ouço-Os parece marcam a hora da partida.  Sinto. 
Mas os pássaros cantam à noite? Sou livre e ouço quando me apetece, nem que seja de memória. 
Aqui, onde me vês, ouço não só os pássaros, ouço também o teu coração acelerado quando me olhas. 

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007