Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Eu, sujeito de mim e da frase também
recomeça o futuro sem esquecer o passado

6 de maio de 2015

Eu, sujeito de mim e da frase também

De verdade eu gosto da palavra EU. Bem que ela podia ter acento que assim assentava melhor, acho eu. Mas como não o tem eu não vou desdenhá-la só por essa causa. Mas pelo sim pelo não, Eu, sujeito de mim e da frase também, afirmo que trágico mesmo é poder olhar para o céu e me lembrar que não sou mais que um pedaço minorca de carne e osso, falível no tempo e sem necessidade de ter espaço.
Afinal de contas o tempo passa mais rápido que Eu e eu começo a me arrepender de não te ter dito tantas coisas que Eu, sujeito de mim e da frase também, te deveria ter dito para nunca te sentires só.
Eu só te posso dizer que os meus olhos tem dias que salgam mais que qualquer maré porque não te vêem tantas vezes como gostariam


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007