Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: golpe de vida
recomeça o futuro sem esquecer o passado

3 de novembro de 2015

golpe de vida

Recorrendo da memória, procurando na imaginação, sentido nos sentidos, me pergunto se a vida que tenho é a que sonhei.
Nem por sonhos, diria baixinho com medo que entre areia na engrenagem. Já dei tantas voltas às rotundas da vida, já tive tantos sonhos, tantas partidas e tantos regressos, tantos desejos  e tantos medos que me apetece até dizer que não é preciso sofrer para saber o que é melhor para mim.
Mas olhando bem, vasculhando tudo, hoje digo à boca cheia que sim: sou feliz. Podia estar melhor? Podia. Mas se calhar não estava-o.
Recorrendo à memória sinto saudade. Mas feliz. Felizmente, acrescento.
Já percorri uns tantos mares, já chorei umas quantas lágrimas que agora sorrio de saudade. Felizmente. 
Enfim, é um golpe de vida que vivo.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007