Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: amor coragem
recomeça o futuro sem esquecer o passado

26 de janeiro de 2016

amor coragem

Caminhei em fila no sub continente indiano. Ruas poeirentas capazes de fazerem chorar olhos protegidos e secar gargantas aguadas.
Mas pouco me fez parar na caminhada. Uma ou outra cólica, que me lembre. Uma ou outra dor muscular, de não estar fisicamente bem preparado para tal caminhada. De resto era a sede de ver mais e sentir mais ainda.
Mas deu para ver que o amor é forte. Amor que vem da alma mostra sempre coragem. A coragem nunca vem depois. Ou está ou não está. É como o amor. Amor coragem.
Aqui, neste lugar, onde Krishna vinha pastorear as suas sagradas vacas que nome tinham e a ele respondiam, senti esse amor.
Aqui me senti a tua alma, o teu sorriso e quem sabe a tua alegria de ser alegre.
Na minha verdade aqui soube que a minha capacidade de pensar distorce o pensamento para o lado que me dá mais jeito ou me é mais favorável, assim como sentir-se paixão é estar num labirinto que não sabe onde vamos sair.
Aqui, ao teu lado sorri como fazia tanto tempo não sabia como é que era. Aqui, junto ao lago que deu de beber e talvez se tenha banhado o menino Krishna, eu te dei a mão e seguimos rumo ao futuro. Aqui deixou de me tormentar a mente e me sorriu a alma.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007