Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: que sou e que fui no serei
recomeça o futuro sem esquecer o passado

22 de julho de 2016

que sou e que fui no serei

Me olho no espelho e vejo que eu não sou mais que metade de recordações e outra metade de futuro e incertezas.
Leio nos livros que 70 % de mim é água. Nos 30 que sobram eu só 15% é que sei o que sou?
Os carros de rolamentos, as zangas da D. Maria, os comboios de brincar do Sr. Reis, pai do Beto Reis, as hortas do carriço, as caçadas do Tó Curibeca, as corridas de patins, a saída da missa, a discoteca, a Oásis, o Avenida, o Hotel Turismo, os cinemas, as matinés. Tantas coisas só para 15 %? 
Não, acho me vou desidratar para caber mais de mim neste aqui.
Não, acho melhor ficar assim e desidratar as memórias menos boas. Esvaziar de mim a memória do braço partido do Rui Miranda, o acidente na estrada do Lubango depois de uns disparates, as lâmpadas partidas a tiro de chumbo, as lágrimas da minha mãe, os chumbos no liceu, as respostas não conseguidas e com isso arranjar mais espaço para o hoje em dia de cada dia sorrindo.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007