Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Mar
recomeça o futuro sem esquecer o passado

2 de fevereiro de 2017

Mar

Ouço o mar na minha imaginação. Vejo o mar no meu pensamento. Vivo o mar sem tempo de lhe olhar.
Fico horas a olhar livros e palavras em livrinhos. Leio e releio. Sublinho e guardo. Mas não consigo desligar-me do mar. 
Sento na secretária. É noite de frio e chuva. Leio o mar como se fosse a minha sina. Ouço o mar como se o tivesse gravado na minha memória volátil porem eterna.
Olho o mar e os meus olhos falam mais que a minha boca ou escrita.
Sinto o mar.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007