Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: vejo e revejo
recomeça o futuro sem esquecer o passado

20 de fevereiro de 2017

vejo e revejo

Me sento na areia da praia e revejo as minhas amizades, belamente coloridas em contraste com tantos sorrisos a preto e branco com que me cruzo nos por aí da vida. Me vejo assim a soprar vento feito brisa, alisando as irregularidades da praia como um brilho de esperança e revejo rostos feitos furacão num passeio imaginária,ente tortuoso.
Me sento por aí na praia e traço a minha rota, sigo um alimento, traço um azimute, desconto os nortes verdadeiro e magnético e revejo que tem gente que é sempre inverno tempestuoso mesmo na calmaria dum luar de verão.



Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007