Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: divagações dum dia de verão 04
recomeça o futuro sem esquecer o passado

23 de junho de 2017

divagações dum dia de verão 04

Tórrido sol que me obriga a fechar os olhos quando eu queria ver tudo o que me rodeia.
Como é estranho ser personagem na minha estória. E efémero como todas as personagens duma qualquer estória.
É estranho saber de mim, dos meus problemas e frustrações assim como se fosse outro e me ouvisse de outro. As coisas que o sol me faz.
O zulmarinho continua nas suas tonalidades de turquesa ao escuro até um quase verde, quente, frio e caldoso, agitado, calmo ou calema de remoinhos traiçoeiros, conta-me a minhas alegrias, frustrações, enjoos e surpresas. Uma maneira de me ver através da minha personagem nesta minha estória de vida.
Nem o tórrido sol fez apagar as promessas que fiz, nem apagar as palavras que escrevi ou calar as que disse nesta personagem de verão. Afinal de contas, menos vestido, esta minha personagem continua muito parecida comigo, pelo menos nas estórias que me conta.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007