12 de setembro de 2009

quero apenas sonhar-te

Desligo a televisão. É minha ideia abstrair-me de todas as análises. Quero apenas sonhar. Quero apenas deixar-me ir na ideia dela, seguir-lhe os passos, beber-lhe as palavras, ouvir-lhe os sons e sentir-lhe os perfumes. Quero apenas sonhar cada noite ou dia com ela. Mesmo que ela não mo permita, mesmo que ela não me suporte, quero sonhar-lhe cada instante. Afinal de contas eu é que poderia não querer porque ao acordar-me dou de caras com o unicamente sonho de ter sonhado com ela, com a irrealidade de ter passado tempo no irreal mundo dos sonhos. Mas eu prefiro isso a ter o coração vazio dando voltas no espaço carregado de nadas, abraçado a almofadas virtuais de sorrisos forçados, simpatias carregadas de desdém, amizades fingidas nas punhaladas de costas. Prefiro viver no mundo do meu sonho, deixar-me levar até onde ele me possa levar, dormir acordado nas calçadas varridas pelo vento fértil da imaginação, passear como uma borboleta num amor impossivelmente sem sentido. Quero deixar-me embalar nos segundos primeiros de cada hora com o amor que tenho para dar-te, mesmo que tu, longe, pouco saibas de mim.

Quero apenas sonhar.

imagem recebida num e-mail
Sanzalando

4 comentários:

  1. Bom regresso este, cheio de inspiração. Já estava sentindo a falta deste romantismo. Um bom fim de semana.
    Beijo grande com sabor a manga.
    Vera Lucia

    ResponderEliminar
  2. Como seria possível viver se não tivessemos a extraordinária capacidade de sonhar acordados e a dormir.
    SJB

    ResponderEliminar
  3. UAU, gesso tirado!
    Também já estava sentindo falta da tua escrita...
    Beijokas mil

    ResponderEliminar
  4. JotaCê

    Bom retorno!

    Achei essa foto incrível!
    Cabe mais um na moto!:)
    Demais!

    Abraços.

    ResponderEliminar

recomeça o futuro sem esquecer o passado