19 de junho de 2019

te espero mais uns dias

Cacimbou na primavera. Cacimbei-me no olhar pela janela. O sorriso do dia de sol não acordou. O humor de dia brilhante não despertou. Os olhos felizes não acordaram. Ainda é primavera no seu explendor surpreendente. 
Ó verão, espero-te aqui, ali ou lá. Espero-te na força capaz de afastar esta primavera onde nem os pássaros são felizes. Na rua, na loja, na padaria, no mercado ou numa qualquer esquina vejo gente à espera do verão. Os casamentos e todas as festas foram projectadas para dias de verão e tu continuas sem dar o ar da tua graça, deixando que a primavera te domine.
Te espero mais uns dias.

Sanzalando

Sem comentários:

Enviar um comentário

recomeça o futuro sem esquecer o passado