Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: livremente palavras
recomeça o futuro sem esquecer o passado

24 de setembro de 2012

livremente palavras

Quando me sento no silêncio da solidão, eu revejo todo o tempo que passámos juntos, todos os teus gestos, todas as tuas atitudes e me pergunto se valeu a pena. Me digo baixinho que sim, mesmo que saiba que tenham faltado canções, descrições e outras palavras que não se disseram.

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007