18 de abril de 2005

Prisões 30 - Afinal a arte divide-se em três

"Fio": Prisões

carranca
Respostas:
139
Visualizações:
2915
Afinal a arte parte-se em três Hoje, 17:56
Forum: Conversas de Café
Mas como me apetece continuar na arte, ou ARTE, eis-me aqui.
Sempre que posso vou aos concertos, ver bailados, óperas e teatro. Adoro, não percebendo nada do que se passa, mas ali fico no meu silêncio. O meu ouvido musical é mais duro que granito, a leveza dos corpos transcende a minha capacidade de ver para além do belo, as árias são imperceptíveis e os movimentos cénicos só se comparáveis com a realidade.
Deleito os sentidos. Gosto ou desgosto. Sem meio termo. Sem qualquer explicação plausível. Sem qualquer discurso dialéctico. Fico impressionado com a coragem que deve exigir subir a um palco.
A minha arte, graças a deus, não é executada ao vivo, perante público.
Eu nunca tenho esse electrizante contacto com a plateia ao vivo, que imagino seja um dos melhores momentos na vida de qualquer artista.
Mas será que esses artistas são realmente artistas?
se vier trovoada é porque assisto a um festival ao ar livre...
Sanzalando em Angola
Carlos Carranca

Sem comentários:

Enviar um comentário

recomeça o futuro sem esquecer o passado