Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: voem palavras
recomeça o futuro sem esquecer o passado

18 de setembro de 2012

voem palavras

Deixo as palavras soltas como se fossem borboletas. Elas se escrevem no ar e eu apenas me perco a ler. Eu sei que sou uma espécie em vias de extinção. Eu acredito nas pessoas e lembro o passado como degrau do futuro.

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007