Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: memos
recomeça o futuro sem esquecer o passado

25 de novembro de 2014

memos

Já reli rascunhos, uns consegui decifrar o que rabisquei e noutros deduzi. Já relembrei as mensagens que deitei em garrafas mar adentro, já idealizei novos meios para novos recados, mukandas e outras informações.
Apenas sei que dói. Se me perguntam eu digo dói. Onde? E eu não saberei responder porque apenas sinto a dor. 
Tudo tem a haver com o grito de guardei tanto tempo dentro de mim, até tu apareceres e como que por milagre me abriste a garganta e ele se soltou. 
Dói ter recordações, sonhos e memórias que não se realizaram, mas um corpo de água afoga-me a mágoa e trás-me à vida na tua carícia que sinto em toda a parte.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007