Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: o que queria, parte incerta
recomeça o futuro sem esquecer o passado

5 de novembro de 2014

o que queria, parte incerta

Eu queria escrever um livro, sem palavras, onde ensinasse a esquecer a dor, o sofrimento físico e mental, o esforço, a raiva e o ódio, as lágrimas e as caras tristes. Todos os outros livros nos ensinam tudo menos a nos defender das pequenas coisas do dia a dia, da vida como que ela é.
Eu queria escrever um livro que tivesse o perfume das flores, o meu perfume, o teu perfume. 
Nesse livro eu ia dizer quem sou e porque o sou. Nós somos o que somos por várias razões e nem sabemos delas nem metade porque não vem nos outros livros todos que eu já li.
Eu queria escrever um livro a que páginas tantas eu te visse e eu me transformasse num ser de sentir sentidos.
Eu queria e vou continuar querendo, mesmo me esquecendo por tempos o tanto que eu já tinha querido antes.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007