Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: distribuir sorrisos
recomeça o futuro sem esquecer o passado

14 de abril de 2017

distribuir sorrisos

Vou andar por aí a distribuir sorrisos como quem quer ver um mundo diferente. O zulmarinho riscado, ondulado, espraiando-se na areia com preguiça monótona e ritmada; o céu zulceleste com riscos e tufos brancos como um desenho abstrato; e eu a olhar para tudo e sorrir.
Não tenho essa na bagagem de que diversão é abafada pela saudade e não cabem no mesmo porão. A gente se diverte mesmo quando sente saudade. Pode não ser igual. Mas a gente sorri com o mesmo sorriso de quem anda de mão dada mesmo que haja espaço a separar ambas mãos. 
Vou andar por aí a distribuir sorrisos mesmo com o peito cheio de saudade.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007