Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Miradouro
recomeça o futuro sem esquecer o passado

7 de dezembro de 2007

Miradouro

Aqui estou eu sentado neste muro virado para um zulmarinho, na companhia de um Lindo ANEL dourado. Olhamos o mar e eu lhe vou mostrando fotos imaginarias de um ar, um cheiro, um clíma que a sua meninice deixou assim bem lá no fundo do sótão das lembranças. Não é viver na saudade, é apenas a saudade do já vivido. Olha bem o mar que vês daqui. Não, o outro é diferente, sabe mais a sal, cheira mais a mar e este aqui começa lá naqule outro que foi o nosso e se gastou na caminhada até aqui. Não vamos falar da Maria, do Manel ou do Cicrano. Vamos mesmo ficar aqui a olhar só para o imaginario, a areia dourada que todos os dias é penteada com a meiguice do vento.
Olha este mar azul, frio sim, mas tem este cheiro de sal, estas ondas, esta espuma. Fecha os olhos e verás que ainda vais ver melhor.
Acorda que não é hora ainda de sonhar!
ps: reescrito depois de 3 anos

Sanzalando

4 comentários:


WebJCP | Abril 2007