Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: querer e necessitar
recomeça o futuro sem esquecer o passado

12 de dezembro de 2007

querer e necessitar

Me sento neste muro de recordações, desejos e sonhos e navego por palavras ao sabor da imaginação.
Que quero?
Que necessito?
Estas são as perguntas que me faço no silêncio da minha meditação.
Poder ajudar-me é um pretensiosismo, um intrometer-me no caminho do destino. Por isso não me ajudo, o que não me impede de me conhecer, de antecipar reacções neste navegar vagabundeando por mim.
Medito que querer e necessitar não é o mesmo. Necessito poucas coisas, comer, beber, mimos e pouco mais. O resto são caprichos, desejos, adereços.
Bem, na verdade às vezes necessito dar à alma um pouco mais de calor…
Assim, se o meu interior quer, por alguma razão inexplicável, esse querer passa a necessidade.
Mas afinal de contas o que é que eu necessito mesmo?
O teu calor, ter-te. O resto é adereço desta fixação!

Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007