Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: montes de palavras
recomeça o futuro sem esquecer o passado

17 de outubro de 2012

montes de palavras

Pego nas palavras que encontro aos montes na minha cabeça como se fossem coisas úteis. Tendo dar-lhes vida, um sorriso. um esboço de brilho no olhar. Desconsigo. 
Odeio-me porque não consigo odiar, nem por um segundo, nem mesmo só porque não te olhei. 
E as palavras continuam sem vida, aos montes à espera que um dia eu consiga soletrar cada palavra com sentimento.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007