24 de outubro de 2012

palavras leves

Nem silaba nem letra. É o que deu estar sempre a reclamar, a nostalgiar e a sonhar. Não me adianta protestar nem queixar. A vida é simples: existem coisas que a gente pode fazer e outras que não podemos.


Sanzalando

Sem comentários:

Enviar um comentário

recomeça o futuro sem esquecer o passado