16 de outubro de 2012

palavras sem vento

Pego na caneta e vou fazendo risquinhos. Não sai nem uma palavra. Afinal o amor sempre deixa uma marca significativa que até pode ser um vazio maior que a solidão

Sanzalando

Sem comentários:

Enviar um comentário

recomeça o futuro sem esquecer o passado