Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: vagabundando palavras - parte final
recomeça o futuro sem esquecer o passado

16 de setembro de 2016

vagabundando palavras - parte final

Agarro nos meus pensamentos e lhes ordeno silêncio. Não o silêncio barulhento duma arrufo, mas o silêncio meditativo dum momento a sós comigo. 
Quero fazer das minhas palavras um argumento dos sentimentos experimentados ao longo da vida. Calmos e serenos, não sarrabulhados e assíncronos da minha realidade. 
Quero palavras que mostrem que a solidão quando existe é uma opção, um afecto e não uma comichão de sentimentos vazios.
Com as minhas mãos transpiradas seguro os meus pensamentos, alinho-os numa carreirinho e seguro-os com amor de quem os viveu.
Hora de terminar um vagabundear de palavras e reiniciar um presente novo de palavras com e sem rima.

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007