Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: concÊntricos círculos
recomeça o futuro sem esquecer o passado

4 de agosto de 2011

concÊntricos círculos

Percorro caminhos sem fim em passada desprendida de tempos ou vontades. Um hábito, um vício ou outra coisa qualquer, e me deixo concluir que o mal sou eu tentando ser o centro dos círculos concêntricos que penso que sou. Mas na verdade, só me posso aproximar assim dos outros quando eu me conhecer no eu que existo em mim. Antes de atirar os braços para te abraçar preciso saber o que tenho dentro destes braços. Não os quero atirar com um espaço vazio no meio. Também não quero ser igual aos outros e ser apenas mais um a ter como os meus pensamentos os deles.
Calcorreio caminhos sem parar, busco identidades, memórias e sonhos, ideias e fantasias. Tu és o centro dos meus concêntricos círculos.



Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007