26 de julho de 2010

Em pedrado (9)


Sanzalando

1 comentário:

  1. Olá
    Estou a adorar as suas fotos. E o tema, também.
    Hoje vou maçá-lo directamente, que é como quem diz, pedir-lhe um favorzão. Sei que estou a ser abusada ( patrício que é patrício é assim mesmo, fazer como então? )
    É que eu gostava de marcar as fotos que tiro com o meu nome. E não sei fazer isso porque sou mto matumba e as minhas pessoas também não navegam em águas profundas, ficam-se pela praia e não se importam, por isso estou no mato sem cachorro.
    Me disseram que podem surrupiá-las do blog e fazer delas o que bem quiserem, como por exemplo e o mais inofensivo, ficarem-lhes com a posse, o que francamente não é grave, mas posse por posse,o que é meu, meu é,e o saber não ocupa lugar, e olhando as suas fotos, assim, num de repente, porque esta coisa de ser atrevida e inconveniente, se dou por isso constrange-me e recuo, resolvi que tem que ser assim de parto sem dor, num ápice, se não, lá se vai a córage, como dizia, resolvi pedir-lhe que me ajudasse, porque sei que sabe, ou não estivessem as suas fotos todas marcadas.
    Peço-lhe desculpas pela ousadia.
    E agradeço que tenha lido esta pedinchisse até ao fim. Confesso que me custou um pouco e estive para desistir quamdo fiquei sem bateria no comp. e perdi o texto anterior, mas...pensando melhor, porque não? O Não está certo, o Sim pode chegar ( optimismo ).
    Prometo ( ? ) não voltar a incomodar ( conscientemente ).
    Brigada.
    Um abraço ( embaraçado ) e um bom dia na sua pedreira.

    ResponderEliminar

recomeça o futuro sem esquecer o passado