Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: loucamente
recomeça o futuro sem esquecer o passado

13 de julho de 2008

loucamente

Aqui estou eu neste caminhar de estar parado a contemplar. Alguns olhos me vêem como que um louco. Pouco me importa porque os que assim pensam não me conhecem e não têm a forma de amar que eu sinto. Alguns olhos me vêem com uma incurável doença apenas porque sonho e que acredito que um dia o sol vai nascer e vai ser igual para todos. Alguns olhos me chamam do louco porque às vezes me calo para não causar dor.
Louco, caminho louco, porque gosto de olhar os olhos que me olham, de sonhar os sonhos que sonhos, de amar o que amo.
Aqui estou eu loucamente caminhando por palavras loucas para ouvidos moucos enquanto o zulmarinho se estende sobre a areia num louco movimento de vai e vem.
Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007