Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: estendido na praia
recomeça o futuro sem esquecer o passado

13 de agosto de 2014

estendido na praia

Estendido na praia, barriga ao sol, assim numa coisa parecida de absorção de todos os raios solares possiveis, dou comigo a balancear de pensamentos em pensamentos, de ideias em ideias e de passado em passado, com os bem passados pelo caminho a olhar pelo vermelhidão da minha pele.
Assim dou comigo que num determinado ponto da minha vida, num de muitos, se eu tivesse aberto a boca para dizer o quase tudo que me ia na alma, o resto da minha vida podia ter sido diferente, mas como calei ou não disse quase nada vivo esta e dou-me bem.
Se eu um dia tivesse estado a beber um chá e a ler um livro em vez de ter ido ali num acolá qualquer, a minha vida poderia ter sido diferente, mas ficou esta e não me dou mal.
Eu sei que a vida não é fácil, nem um pouco mas também nem todas as noites são escuras. Há luares tão lindos.
Estendido na praia me esqueço de que a pele arde com o vento sol que tanto levou

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007