Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: ondas e ondas
recomeça o futuro sem esquecer o passado

17 de agosto de 2014

ondas e ondas

Subindo e descendo as ondas do mar num boiar parece sou barco dou comigo a gritar que amo o que me acrescenta, o que me alivia ou faz sorrir. Em contraponto quase me afundo numa onda quando penso que detesto a indelicadeza, a agressão e até o ambiente pesado.
Assim sendo, aproveitando o sueste dou comigo a boiar na irregularidade da areia a dizer que amo este calor deste sol que me és.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007