Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Vou caminhando
recomeça o futuro sem esquecer o passado

29 de agosto de 2008

Vou caminhando

Vou caminhando que um dia vou chegar lá. Num lá que fica para lá do desejo, para lá da branca noite dum poema de amor, do branco silêncio do encontro de duas almas gémeas.
Vou caminhando sobre as palavras, equilibrado na sombra das recordações perfumadas de maresia.
Tu e eu num movimento perpétuo, luta corpo a corpo, sombras sombreadas de vida.
Vou caminhado até lá chegar.

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007