Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: solitário
recomeça o futuro sem esquecer o passado

1 de setembro de 2008

solitário

Caminho solitário e solidário. No meu diálogo interno e intenso descubro que a paixão e o amor são necessidades básicas de mim. Ou o amor e a paixão que a ordem aqui não tem interesse. Mas num repente tropeço na ideia que sou capaz de viver sem amor, que sou capaz de o imitar, argumentar, imaginar ou falsear. Lhe sou capaz de inventar até. Mas paro a caminhada para pensar melhor e concluo que com a paixão isso eu não consigo. Porque a paixão ou é ou não é!
E assim caminho solitário.

Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007