Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: a verdade verdadeira que eu não sei
recomeça o futuro sem esquecer o passado

1 de outubro de 2008

a verdade verdadeira que eu não sei

Eu sei. Sim, é verdade. Tu reparaste que desde faz algum tempo que eu tenho estado desatento do lugar, do modo e do falar.
Eu sei. É verdade que muitas das coisas que eu disse tinham um sabor enlatado, outros de reciclado e outros há muito deviam ter desaparecido numa limpeza mental.
Mas a verdade é que eu não sei o motivo de tanta desatenção. Um livro que não nasceu, uma viagem que não aconteceu, uma mudança que não apareceu, uma coisa qualquer poderia ter sido a explicação que eu te estava a dar. Podia ter sido até um anel que eu teria oferecido, uma promessa que eu não tinha cumprido. Tanta coisa podia estar aqui a divagar.
Mas na verdade eu não sei mesmo o que é que me aconteceu para tanta desatenção inspirativa e até esquecida.
Bem, acho vou voltar ao ano de 2004 e recomeçar num começar de coisas novas mesmo que tenham um sabor antigo, porém não amargo.
De verdade é que eu não sei que vai acontecer amanhã. Hoje foi assim!

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007