Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: Domingo sem sol
recomeça o futuro sem esquecer o passado

10 de maio de 2009

Domingo sem sol

Tal como o sol o zulmarinho está ali melancolicamente espraiado na areia. O marulhar hoje é silêncio como se tudo por aqui estivesse cinzentamente adormecido.
Se eu conseguisse entoar barulho para os acordar…
Dá ideia que é preciso que lhes abrace e os acorde desses sonhos tristes com que me carregam o dia. Eu preciso do sol e do marulhar, da luz e do som para caminhar no meu tempo.
Acho que preciso entrar no dia aos gritos, saborear os sabores tropicais dos desejos ardentes para conseguir libertar-me dos desejos impossíveis que me enervam a flor da pele.
Tenho que acordar de olhos abertos e coração livre…


Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007