Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: nota-se
recomeça o futuro sem esquecer o passado

9 de maio de 2014

nota-se

Vagabundo-me por areias desertas, cabelos ao vento e peito aberto em tom de desafio. Assim mais ou menos como que a dizer que os idiotas não conseguem estragar o meu dia por mais que o tentem ou disfarçadamente queiram passar por inteligentes.
Vagabundo-me por areias escaldantes de praias desertas com os cabelos ao vento e olhar travado como que a desafiar o medo das sereias e das ondas traiçoeiras que me queiram arrastar.
Vagabundo-me como se fosse um louco que espera ansiosamente pelo teu abraço e me olho abertamente com um sorriso como que a dizer-me o quanto estou feliz.
Vagabundo-me descontraidamente por entre segundos como se tivesse asas e não soubesse aterrar.

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007