Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: gaivota da Ilha
recomeça o futuro sem esquecer o passado

15 de março de 2011

gaivota da Ilha

Ouço o Ritmo da Ilha, através dos África Show, enquanto vejo as gaivotas me voarem por cima como que a me gritarem que são livres. Será que elas sabem que lhes chamam de gaivota? De repente até me deu vontade de ser pássaro assim.
Se eu tivesse asas eu me ia curar num instante desta doença de te ver desde aqui num esforço até lá, sobrevoava amores perdidos na esperança de lhes encontrar e depois me estendia no sofá a ver os meus olhos brilharem um azul mar.
Já sei que vais pensar eu louquei-me em querer ser pássaro porque só um louco quer ser bicho. Mas eu apenas queria ser num instante uma gaivota mesmo que depois eu não soubesse que tinha voado num voo sem regresso.
Reouço o Ritmo da Ilha vezes sem parar apenas para deixar de sonhar em ser pássaro e voar. Me disseram que a vida é melhor sem fantasia... desacredito. Desligo-me do som, dou uns passos na areia, olho as gaivotas e dei por mim a voar num planar interminável de imagens e sons que me levam aos amigos.



Sanzalando

2 comentários:


WebJCP | Abril 2007