Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: tu, claro
recomeça o futuro sem esquecer o passado

15 de abril de 2014

tu, claro

Parece eu ouvia uma voz lá no meu intimo a me dizer que um dia eu seria amado exactamente pelo que sou e não por aquilo que imaginam que eu poderia ser.
Parece é frase feita de alguém que está dando assim um ponta pé de vai embora com parecença de que não é isso. Houve uma vez que doeu tanto esse ponta pé na alma que a cicatriz virou parecia era vício, até que tu apareceste e os muros foram sendo derrubados, parecia tijolo a tijolo a ser retirado com pinta e circunstância. Hoje já nem lembro bem onde é que ficou essa cicatriz que parecia ser difícil de tirar. Não era falta de felicidade, que amigos e família dão isso até de oferta de coração. Era mesmo cicatriz dolorosa que desapareceu quando tu ficaste à minha espera, que desaparece quando ansioso espero por ti, que esqueci onde ficou só porque dá certo ver o teu sorriso.
Afinal de contas eu sou como sou e quem me atura?
Tu, claro


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007