Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: vagabundo-me na cidade
recomeça o futuro sem esquecer o passado

27 de setembro de 2014

vagabundo-me na cidade

Vagabundo-me perdido na cidade como a descobrir novas fachadas, novos recantos e outros esconderijos. Vagabundo-me sem pensamentos e esquecidas palavras. Onde foi que perdi um sorriso? Onde foi que desbaratei palavras? Onde foi que sequei sentimentos? 
A cidade é tão complexa.
Vagabundo-me por ruelas como que interessado na vida e sem saber dela. Procuro insistentemente como criança que não sabe qual o brinquedo com que quer brincar.
Vagabundo-me nas calcadas já percorridas tantas vezes que já nem sei o número de cada porta, apenas sei como é que ela é,.
Vagabundo-me em conversas contigo e contigo tento encontrar-me. 
Olha um sorriso ou uma palavra perdida, te ouço o pensamento.



Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007