Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: tonteira
recomeça o futuro sem esquecer o passado

13 de maio de 2010

tonteira

Levanto-me. Dou uns dois ou três passos e já não consigo mais. Tudo escurece à minha volta. Procuro com a mão a parede mais próxima e com aparente paciência espero que volte ao normal. Dizem-me que foi um tontura. Eu diria que foi uma tonteira, uma vez que foi uma tontura que aconteceu na cabeça inteira. Afinal de contas foram apenas uns 10 segundos. Eu tremi por 10 segundos da minha vida?! Os anos que gastei numa farra constante foram assim abalados em 10 segundos? Nã! é melhor nem pensar nisso. Esqueço os 10 segundos e recordo o futuro que tenho pela frente. Qual hipotensão ortostática, qual carapuça. Agora eu ia ter uma coisa dessas. Hipotensão ortostática... isso é para gente fina. Agora, em vez de levantar-me tenho que fazer um compasso de espera, sentar-me e depois então levantar-me. E se houver uma emergência? Calma lá fogo que eu agora não posso fugir... Vais ver tudo isto foi porque eu nasci cansado.
Espero sentado pela paixão ou sentado espero que a paixão passe.
Afinal de contas foram apenas 10 segundos que eu inventei para ver se tinha memória do tempo que se me escureceu a visão.


Sanzalando

3 comentários:


WebJCP | Abril 2007