Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: rasgo de sol
recomeça o futuro sem esquecer o passado

18 de agosto de 2012

rasgo de sol

Sol tímido rasgando o cacimbo como que a abrir uma brecha para me alegrar. Um vento me sussurra uma frase de Shakespeare que diz qualquer coisa como planta o teu jardim em vez de esperares que te ofereçam flores e eu sorrio porque ofereci tantas flores mentais que não sei onde foi que as perdi porque ninguém as recebeu.
Senti vontade de chorar mas nenhuma lágrima saiu. A tristeza se instalou afogando a esperança de alegria trazida pelo raio de sol que conseguiu abrir a brecha no cacimbo.
Olhei as flores que podia dar e deixei-as ficar no jardim que um dia vou plantar só para mim.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007