Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: travessia no deserto
recomeça o futuro sem esquecer o passado

6 de agosto de 2012

travessia no deserto

Me atiro deserto dentro. Literalmente me apetece fazer a travessia no deserto. Preciso mudar. Melhor, acho tenho mesmo de mudar. Não posso depender assim de pessoas, não preciso acreditar assim nas pessoas. Acho mesmo meu destino é ficar perdido no deserto, deixar de acreditar nas falsas palavras ouvidas e não me encontrar depois de usado. 
Vou mesmo me atravessar no deserto, onde não tenho de virar costas porque não tem quem as veja, onde não tem silêncios para retribuir porque só ele existe, onde não tenho que dar nada em troca porque é deserto e como tal não tem nada.
Me enjoei de mim assim como que é que sou?
Deixei de querer ser como sou. Apenas. Simples. Quero ser simples como o deserto. Cansei das idas e voltas da vida. Faz conta eu sou criança que cansou de brincar com um velho brinquedo apenasmente porque cresceu. Quero mudar para crescer. 
Enfim, quero poder estar sempre a teu lado, mesmo quando tu não vês, mesmo quando me levei a atravessar no deserto.


Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007