Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: e assim a minha Pitangueira
recomeça o futuro sem esquecer o passado

25 de março de 2009

e assim a minha Pitangueira

Olhei para a minha Pitangueira, para a minha pequena Pitangueira. Não me dá sombra ainda, mas dá-me conforto porque me leva até ao meu planalto sentimental. Ainda tem as mesmas seis flores a minha pequena Pitangueira e isso fez sentir-me em paz apesar das emoções divergentes que carrego na minha alma que serve de bateria e não se deixa ver pelos olhos reais. E assim sigo em paz, confiando na não necessidade de controlar a liberdade que me abraçam os sentimentos sensíveis dos teus aromas que tenho na memória e que um dia vou ter por entre os meus dedos. E assim vou criando espaços na minha vida onde sobram realidades a troco de carícias. E assim, delicadamente, avanço suave e ternurentamente para o futuro.
Voltei a olhar para a minha pequena Pitangueira e às suas seis flores e se me abriu um sorriso na cara como me dissesse que amanhã eu vou ter uma Pitangueira Grande que me dará todas as Pitangas que eu quero.

Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007