Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: sentir
recomeça o futuro sem esquecer o passado

17 de março de 2009

sentir

Sento-me por aqui. Leio vezes sem conta a mensagem que tenho no telefone. Estou bem, sim. Quer dizer, faz tanto tempo que eu não falo com os amigos que nem eu sei se poderei dizer que estou bem ou não.
Eu sei que a culpa é minha. Disposições mentais. Não falo mas lhes penso. Muito!
Mas hoje a tua mensagem fez com que a minha alma sentisse um arrepio e eu necessite dum abraço para sair desta hipotermia. Hoje fiquei necessitado de sentir a tua beleza no sentido mais básico, mais simples. Hoje precisava mesmo só de sentir o teu abraço carregado de calor.
Sabes, olho o meu anel feito de arco-íris, olho o mar de azul marinho e sinto que preciso sentir-te para me sentir livre.
Abraças-me?

Sanzalando

2 comentários:


WebJCP | Abril 2007