Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: deambularmente
recomeça o futuro sem esquecer o passado

3 de junho de 2011

deambularmente

Deambulo na praia feito vagabundo em busca dum tempo para parar. Não sei o que já olhei, me esqueci o que já pensei e não tenho ideia de como comecei e acho que sei que tu já te cansaste de me ouvir solilocar como os meus passos perdidos. Acho eu que já todos me conhecem por ti e não pelo eu que sou. Mas eu não tenho outro jeito de ser e vou fazer mais como? Me imitar num perfeito mais que simples? A cópia nunca pode ser melhor que o original pelo que então vou continuar vagabundeando palavras no meu deserto de ideias, no meu mar de memórias, nas minhas imagens de sonhos vividos na imaginação.
Deambulo na praia não com vontade de ser olhado mas com o desejo enorme que tu me olhes e um dia me vejas e me desgovernes das certezas absolutas com que armadilhei as minhas prisões.
Deambulo por aqui com a vontade enorme de te abraçar e dizer que és minha num egoísmo solitário, esquecendo todos os teus amores e dissabores.

foto da internet
Sanzalando

2 comentários:


WebJCP | Abril 2007