Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: relembrar o futuro
recomeça o futuro sem esquecer o passado

29 de junho de 2011

relembrar o futuro

Me embalo nas ondas do mar e semi-adormecido sonho realidades e vidas. 
Faz de conta ela me olha com olhos de não me ver, sorri se erro, me instiga lição de moral, me confunde. Afinal de contas ela apenas me evita, indiferente se me lhe apresento ou desapareço por eternidades. Ela sorri e eu imagino que foi para mim mas depois vejo na realidade que eu me enganei, uma vez mais. Se ela ao menos me dissesse na cara que eu era um perfeito idiota e coisas assim para me dizer de caras, talvez eu já estivesse noutra realidade menos ficcional e mais felizarda. 
Me apetece apenas fugir daqui, bem longe de qualquer aqui.
Me apetece dizer que desisti de estar apaixonado e de lhe esperar um sorriso me dirigido de verdade e arrancar para um lugar que não tivesse nenhum aqui por vizinho. 
Acordo com uma onda de mar mais violenta a bater nas pedras e me reolhando vejo à minha volta os meus pensamentos pensados como se fossem pequenas tiras de papel que juntei para mais tarde recordar.  Lhes inicio a arrumar mas lhes junto e lhes ponho num saco. Um dia posso precisar, quanto mais não seja para me lembrar das recordações que eu tive dela.

Sanzalando

1 comentários:


WebJCP | Abril 2007