Navega à vontade que a Sanzala é segura, mesmo que te pareça lenta!
A Minha Sanzala: 37 - Estórias no Sofá - Outrodependência
recomeça o futuro sem esquecer o passado

19 de maio de 2008

37 - Estórias no Sofá - Outrodependência

Faz tempo caminho a meu lado. Assim mesmo. Vamos andando e vamos conversando, vamo-nos pondo ao corrente das coisas, mesmo daquelas que deviam passar despercebidas. Um dia destes gravei-me este diálogo que te conto para não julgares que eu estou louco. Gosto mesmo é de gostar de mim e de me compreender.
- Boa noite!
- És tu, pá? Que susto, me cumprimentares assim num repente sem dares sinal antes!
- Ok, desculpa só, mas duma outra vez eu vou fingir tou a tossir e tu não vais dar esse salto de susto. Mas afinal de conta estavas a pensar em mais o quê para te assustares assim? Estavas com um ar muito de outro lado pelo que decidi te acordar desse pensamento em que dormias um pesadelo.
- Mas não era para me interromperes… devias deixar-me estar a congeminar-me.
- Não te entendo! Se te interrompo é porque sim, se não te ligo é porque não te ligo e coisas e mais tal. Mas que parecia te querias deitar desta vida abaixo isso te digo que parecia mesmo.
- É, se calhar eu não quero mesmo é viver…
- Epá! Mas eu quero!
- Tu e essa tua mania que não podes viver sem mim…
- Mais ou menos isso!
- Mas estou cansado de sofrer…
- É uma época que facilmente superamos, o tempo passa depressa e tudo vai ser esquecido e ainda nos vamos rir disto tudo.
- Mas faz tempo que não lhe ouço a voz, que não lhe sinto o perfume, que não lhe toco a alma…
- Mas…


aqui se fez um longo silêncio entre os dois eus

- Mas tenta ver a coisa pelo meu lado. Eu estou bem, o futuro aparenta me sorrir…
- Por ti????
- Sim, por mim. Que espanto é esse? Eu nunca conto?
- Agora não… eu até parece que sofro de ‘outrodependência’… é sempre por ti… nunca é como eu quero… basta!



Sanzalando

0 comentários:


WebJCP | Abril 2007